Conteúdo da página

OAB Nacional nomeia representante para pesquisa na Alemanha

quinta-feira,

Brasília - A Ordem dos Advogados do Brasil, por meio da Escola Nacional de Advocacia, nomeou nesta terça-feira (23) o advogado amapaense Auriney Brito como representante da instituição na Alemanha, onde buscará parcerias com instituições do país europeu.

O advogado foi aprovado no processo seletivo para participar do curso de Direito Penal Transnacional na George-August Universität Göttingen. No curso serão trabalhados temas de direito penal econômico, legalização de drogas e direito internacional humanitário, com renomados penalistas do mundo, como Claus Roxin, Luís Greco, Günter Jakobs, Kai Ambos e outros.

Além do curso em Göttingen, o representante foi aceito como pesquisador no Max Plank Institut für ausländisches und internationales Strafrecht (Instituto de pesquisa em Direito Penal Estrangeiro e Internacional), localizado em Freiburg-Alemanha, onde desenvolverá pesquisas sobre garantias constitucionais penais na era do terrorismo, tráfico de pessoas, ciber terrorismo e a jurisprudência dos Tribunais Internacionais de Direitos humanos.

A pesquisa passará ainda pelo memorial de Nuremberg e será finalizada no Campo de Concentração de Aushwitz, localizado na Polônia.

O presidente da Escola Nacional de Advocacia, José Alberto Simonetti, ressaltou a importância da representação: "A pesquisa e a produção científica no direito comparado alimentará diversos projetos e grupos de trabalho na OAB, e a ENA estará sempre atenta às questões internacionais mais relevantes”, afirmou.

Auriney Brito ocupa a posição de vice-presidente da OAB do Amapá e de presidente da Escola Superior de Advocacia daquele Estado. É mestre e doutorando em Direito Penal, autor de diversas obras publicadas, com pesquisas já realizadas em Portugal, Argentina, Estados Unidos e Alemanha.